A História Mítica de Hefesto, Deus do Fogo

Hefesto, o deus do fogo e da forja (arte em metais), era filho de Zeus e Hera. Enquanto ele era criança, ele viveu com as ninfas do mar em uma caverna oceânica. Desde a infância, ele podia fazer todo tipo de coisas úteis e belas, e era seu deleite constante estar planejando alguma invenção maravilhosa.

Quando ele cresceu, ele tomou o seu lugar no Monte Olimpo com os outros deuses, e estava sempre ocupado fazendo coisas para si ou para eles. Entre outras coisas maravilhosas, ele fez sapatos mágicos que podiam pisar água ou ar tão facilmente quanto a terra; gorros que tornavam as pessoas que os usavam invisíveis; e pratos de ouro e prata que se levariam para longe da mesa, sem a ajuda de servos.

Hefesto teve sua forja e oficina em seu próprio palácio no Monte Olimpo. Ele treinou muitos servos para ajudá-lo em seu trabalho, e planejou vinte grandes foles para sua forja, que queimaria seu fogo em um calor violento com uma palavra dele. Ele tinha outras oficinas na terra; e onde quer que houvesse um vulcão com fumaça e fogo vindo de seu cume, o povo dizia que Hefesto estava ocupado com seus gigantes ajudantes fazendo coisas maravilhosas para os deuses.

O Mito de Hefesto, Deus do Fogo e da Forja

Como você aprendeu, os deuses e deusas nem sempre foram bons e gentis. Um dia Hera enfureceu o marido; e para puni-la, Zeus amarrou-lhe as mãos e os pés e a pendurou no ar entre o céu e a terra. Essa era uma maneira muito cruel de tratar a bela e imponente Hera, e todos os deuses sentiam pena dela. Hefesto estava tão triste por sua mãe que ele tentou libertá-la. Isso deixou Zeus ainda mais irritado, e ele o atingiu tão intensamente em sua raiva que o pobre Hefesto foi jogado de cabeça do céu.

Caiu, caiu, caiu por um dia inteiro e finalmente atingiu a terra em uma bela ilha. A queda não o matou, pois ele era um dos deuses imortais e não podia morrer; mas ele caiu com tanta força que ele ficou manco para sempre.

Zeus estava furioso demais para permitir que Hefesto retornasse imediatamente para sua casa entre os deuses, então ele foi forçado a permanecer em sua ilha. Depois de se recuperar da queda, costumava vagar pela nova casa, procurando alguma coisa com a qual se ocupar. Ele encontrou grandes quantidades de ouro e prata; mas ele não tinha forno, e nada podia fazer com eles. Mas um dia ele ouviu um estrondo estranho na terra e, seguindo o som, encontrou um vulcão recém-formado.

"Aqui está a minha fornalha", exclamou ele, e imediatamente começou a abrir um buraco na montanha para chegar ao fogo. Ali montou sua oficina e trouxe para ela um pouco do ouro e da prata que havia encontrado. A partir disso, ele fez muitas coisas maravilhosas e belas. Entre elas, ele fez alguns novos raios e os enviou como um presente para Zeus. Em troca disso, Zeus o chamou de volta ao Monte Olimpo.

Hefesto deve ter parecido muito estranho nas reuniões dos deuses depois disso; porque ele era feio e aleijado de sua queda, enquanto os outros eram retos e belos. Mas ele era o mais gentil e bem-humorado de todos eles e muitas vezes servia como pacificador entre eles.

Certa vez, enquanto tentava resolver uma briga na assembleia dos deuses, ele tomou o lugar do portador da taça e entregou a taça de vinho da qual eles costumavam beber. Mas ele era tão desajeitado que os outros deuses explodiram em gargalhadas enquanto ele mancava. Hefesto, porém, não se importou; porque ele conseguira parar a briga, e era isso que ele desejava fazer.

Hefesto, Deus do Fogo - Um Mito Com Uma Moral

Hefesto, Deus do Fogo

Muitas das antigas histórias de mitos, como a lenda de Hefesto, Deus do Fogo, incorporam contos de moral que forneceram aos antigos contadores de histórias pequenos exemplos de histórias emocionantes para crianças e jovens de como agir e se comportar e refletir importantes lições de vida.

Os personagens dos heróis nesse tipo de fábula demonstraram as virtudes de coragem, amor, lealdade, força, perseverança, liderança e autoconfiança. Considerando que os vilões demonstraram todos os vícios e foram mortos ou punidos pelos deuses. A velha e famosa história e fábula do mito, como Hefesto, Deus do Fogo, foi projetada para entreter, emocionar e inspirar seus jovens ouvintes ...

O Mito de Hefesto, Deus do Fogo - o Mundo Mágico do Mito e da Lenda

A história de Hefesto, Deus do Fogo, é uma das histórias fantásticas da mitologia e lendas antigas. Tais histórias servem como uma entrada para entrar no mundo dos antigos gregos e romanos.

Os nomes de tantos heróis e personagens são conhecidos hoje por meio de filmes e jogos, mas a história real sobre esses personagens é desconhecida. Ler uma história de um mito como Hefesto, Deus do Fogo é a maneira fácil de aprender sobre as histórias dos clássicos.

Postar comentário

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

Postagem Anterior Próxima Postagem