O Mito da Caixa de Pandora

O mito da caixa de Pandora é considerado um dos mitos mais descritivos do comportamento humano na mitologia grega.

Os gregos antigos usavam esse mito não apenas para se instruir sobre as fraquezas dos humanos, mas também para explicar vários infortúnios da raça humana.

Pandora, a Primeira Mulher na Terra

O Mito da Caixa de Pandora
Pandora era, segundo o mito, a primeira mulher na Terra. Ela foi criada pelos deuses; cada um deles deu-lhe um dom, assim, seu nome em grego significa “a que possui todos os dons”.

Pandora foi criada como um castigo para a humanidade; Zeus queria punir as pessoas porque Prometeu roubou o fogo para dar a elas. Seus dons eram maravilhosamente maus, de acordo com Hesíodo. Hefesto criou-a a partir do barro, moldando-a perfeitamente, Afrodite deu-lhe feminilidade e Atena ensinou-lhe artesanato. Hermes foi ordenado por Zeus para ensiná-la a ser enganosa, teimosa e curiosa.

A Caixa de Pandora

Pandora recebeu uma caixa ou jarra, chamada Pito, “pithos” em grego. Os deuses disseram a ela que a caixa continha presentes especiais, mas ela não tinha permissão para nunca abrir a caixa. Então Hermes levou-a a Epimeteu, irmão de Prometeu, para ser sua esposa. Prometeu aconselhou Epimeteu a não aceitar nada dos Deuses, mas ele viu Pandora e ficou surpreso com sua beleza, assim ele a aceitou imediatamente.

Pandora tentava domar sua curiosidade, mas no final ela não conseguiu mais se conter; ela abriu a caixa e todas as doenças e dificuldades que os deuses haviam escondido na caixa começaram a sair. Pandora ficou com medo, porque ela viu todos os espíritos malignos saindo e tentou fechar a caixa o mais rápido possível, fechando dentro da caixa a esperança.

De acordo com Hesíodo, a esperança, de fato, ficou dentro da caixa porque essa era a vontade de Zeus; ele queria deixar as pessoas sofrerem para entender que elas não deveriam desobedecer seus deuses. Pandora era a pessoa certa para fazer isso, porque ela era curiosa o suficiente, mas não maliciosa.

O Mito da Caixa de Pandora

O mito da caixa de Pandora tem fascinado pessoas desde sempre, atraindo a imaginação de inúmeros artistas, que criaram mosaicos e esculturas representando Pandora e os elementos mitológicos. O próprio mito, no entanto, aparece em muitas versões diferentes; a diferença mais marcante é que, em alguns mitos, a esperança sai da caixa. O principal objetivo do mito de Pandora é abordar a questão de por que o mal existe no mundo.

O nascimento de Pandora estava representado no pedestal da estátua de Atena, situada no Partenon, na Acrópole de Atenas.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.