O Mito de Europa

O mito de Europa é um fascinante mito da mitologia grega que inspirou escritores, historiadores, pintores e políticos que deram nome a moedas, um continente e criou várias obras de arte que retratam o amor de Zeus e de Europa.

Europa e Zeus

O Mito de Europa
Europa era uma linda princesa, que foi sequestrada por Zeus, levada para Creta e que deu à luz a três filhos - Minos, Radamanto e Sarpedão, que se tornaram juízes do submundo. Zeus era o pai de todas os filhos de Europa, mas ele pediu-lhe para se casar com Asterion, o rei das estrelas. E ela o fez.

O Mito de Europa e Suas Variações

Começando como uma mulher mortal na mitologia grega, Europa tornou-se imortal depois que seu nome foi dado ao continente. Uma lenda diz que Europa teve um sonho uma noite em que duas mulheres - na verdade, dois continentes - estavam discutindo. Um deles, a Ásia, acreditava Europa que pertencia à Ásia, uma vez que ela nasceu lá. O outro sem nome - Europa - disse que Zeus daria o nome a ela.

O mito de Europa e Zeus tem algumas variações ligeiramente diferentes sobre os detalhes de como eles se conheceram e como o touro a seduziu. O que todos eles têm em comum é que Zeus um dia viu Europa entre outras jovens mulheres e ficou tão impressionado com sua beleza e seus encantos que ele, conhecido como o Deus com muitos casos de amor, decidiu levá-la para si.

Seu plano foi transformar-se em um touro branco e nadar até a costa da Ásia, onde ela morava. O touro era tão bonito e gentil que todas as mulheres na praia se apaixonaram por ele. Mas ele se inclinou na frente de Europa, oferecendo-lhe as costas para montar. Ela montou em suas costas e o touro a levou da Fenícia, através do mar, para Creta, para Dikteon Andron (Caverna de Psicro), a caverna onde ele nasceu. É aí que ele mostrou sua identidade real para Europa.

Europa e Zeus

A caverna Dikteon Andron, localizada na parte oriental de Creta, é famosa porque foi o lugar do nascimento de Zeus, o maior de todos os deuses, e porque era o ninho de amor de Zeus e Europa.

Há, no entanto, uma versão diferente do mito, segundo a qual Zeus levou Europa para Gortina, em Creta, e se acasalaram abaixo de um plátano, que se tornou desde então uma árvore perene.

Europa era filha do rei fenício de Tiro Agenor e da rainha Teléfassa. Europa tinha dois irmãos - Cadmo, aquele que se acredita levou o alfabeto para a Grécia, e Cilix, cujo nome foi dado à Cilícia na Ásia Menor. Quando Europa desapareceu no lombo do touro, Agenor mandou os filhos procurarem a irmã, ordenando-lhes que não voltassem sem ela. Os irmãos seguiram em direções diferentes, pararam de procurá-la depois de algum tempo e Europa ficou com Zeus.

Presentes de Zeus Para Europa

O amor de Zeus por Europa era tão grande que ele deu a ela os melhores presentes: Talos, Laelaps e um dardo mágico. Talos era um homem de bronze que era guarda de Creta; Laelaps era um cão de caça, e o dardo era mágico, pois sempre conseguia acertar o alvo em foco. E aquele touro, que seduziu Europa, acabou por se transformar na constelação de Touro. Mas o interesse de Zeus por Europa acabou e ele organizou o casamento de Europa com Asterion.

A mítica história de amor de Europa e de Zeus tem sido tema de muitas apresentações artísticas e realizações. Atualmente, a moeda grega de 2 euros tem uma imagem do sequestro de Europa por Zeus como um touro.


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.