A palavra grega “mitos” significa história, e mitologia grega é um grupo de histórias fictícias criadas há milhares de anos pelo povo grego antigo. Mesmo que esses mitos gregos tenham sido criados há muito tempo, eles ainda divertem o público hoje.

Os mitos gregos foram criados para explicar o que não podia ser compreendido há milhares de anos, especificamente os mistérios da natureza. Os antigos gregos não tinham aulas de ciências que lhes dissessem que o céu brilha durante o dia e escurece à noite por causa da rotação da Terra ou que campos elétricos nas nuvens causam relâmpagos. Para ter menos medo de todas essas coisas que não faziam sentido, o povo grego antigo confiava em mitos para ajudar a criar ordem em seu mundo. Os mitos explicavam coisas que não tinham (na época) uma explicação.

Uma Introdução à Mitologia Grega

O que separa a mitologia grega de outros tipos de histórias, como lendas (que são baseadas na história) ou contos populares (uma forma de entretenimento) é que os mitos tentam explicar as relações humanas com o divino. Os mitos gregos são histórias sobre deuses, deusas e outras entidades sobrenaturais e as relações que os humanos têm com eles. Como os mitos são sobre humanos e deuses, eles também são sobre religião.

Os gregos acreditavam que compartilhavam seu mundo com deuses e deusas que tinham poderes sobre-humanos. Esses deuses e deusas estavam ao redor dos humanos, vivendo nos oceanos, no ar, nas florestas e no subsolo. Eles faziam parte de tudo. Como os humanos, esses deuses e deusas tinham personalidades individuais que os tornavam únicos. Deuses e deusas podiam ser amigáveis ​​ou malignos. Eles podiam ser úteis ou pregar peças em humanos e uns aos outros.

Contar histórias era a principal forma de entretenimento na Grécia antiga. Afinal, não havia programas de TV ou filmes ou outras formas divertidas de passar o tempo. Os mitos gregos eram contados de boca em boca, e foi assim que a mitologia grega evoluiu ao longo dos anos.

Os mitos gregos eram contados por bardos ou contadores de histórias viajantes. Esses bardos contavam mitos ao público por meio de canções ou poesia. Claro, cada bardo dava sua própria opinião sobre os mitos com base em suas preferências pessoais. Dependendo de seu humor, eles poderiam tornar a história mais assustadora, triste, romântica, etc. Os bardos contaram essas histórias por gerações através da palavra falada e através da arte e a cada narrativa o mito mudava um pouco.

Como os mitos sempre foram revisados ​​ao longo da história, existem muitas versões dos mitos que podem ser encontradas. Uma vez que essas histórias começaram como histórias de ficção, não há como dizer qual mito é o “correto”.

Postar Comentário

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!

Postagem Anterior Próxima Postagem