Kokopelli - Deus da Fertilidade, o Símbolo e Seu Significado - Mitos e Lendas

Kokopelli - Deus da Fertilidade, o Símbolo e Seu Significado

Muitos símbolos antigos já foram esquecidos. No entanto, há uma figura que certamente chamará a atenção de quem a vir. Essa divindade aparentemente brincalhona que empunha uma flauta e às vezes retrata um falo ereto que chama atenção, sobreviveu até os tempos modernos. Quem é Kokopelli? Qual é o significado do símbolo Kokopelli? Leia tudo isso em nosso artigo detalhado sobre o deus da fertilidade, o símbolo Kokopelli e seu significado.

Essa divindade é conhecida como Kokopelli. Esse deus da fertilidade, com uma flauta, é uma divindade pré-histórica com raízes nativas americanas. Ele foi amplamente representado em diferentes formas de arte, de contos culturais e históricos a arte em cavernas e cerâmica.

Nas últimas duas décadas, Kokopelli conquistou uma popularidade renovada, graças às adaptações da cultura pop. Atualmente, você pode encontrar versões diferentes das imagens de Kokopelli, em diferentes tipos de itens, incluindo camisas e em gravata e decoração da casa.

Agora, o que aconteceu com Kokopelli que despertou a atenção das pessoas? Por que muitas pessoas ficaram fascinadas com essa figura que exala virilidade e maldade?

Talvez a resposta esteja nessas mesmas palavras: virilidade e maldade. Mas, se você quiser saber mais sobre as origens de Kokopelli e os mitos que o cercam, continue lendo!

Kokopelli - Deus da Fertilidade, o Símbolo e Seu Significado

Quem é Kokopelli e Qual é o Significado do Símbolo Kokopelli?

Kokopelli é uma divindade e símbolo da fertilidade reconhecida por vários grupos nativos americanos na parte sudoeste dos Estados Unidos. Como outros deuses da fertilidade, Kokopelli é conhecido por presidir a agricultura e o parto.

Além de ser reverenciado como um deus da fertilidade, Kokopelli também é reconhecido como um trapaceiro. Ele também representa a brincadeira e o espírito da música, principalmente devido à sua imagem de flauta.

Kokopelli é considerada uma das imagens e divindades mais populares e intrigantes que sobreviveram da mitologia indiana Anasazi antiga. Kokopelli também é um personagem de destaque nas lendas Hopi.

Como deus trapaceiro, ele é representado como o menestrel, que significa essencialmente o espírito da música. Enquanto isso, como símbolo da fertilidade, acredita-se que ele traga bem-estar às pessoas. O simbolismo de Kokopelli irradia uma caça bem-sucedida, bem como o crescimento e a colheita das plantas. Por fim, ele é uma figura proeminente que representa a concepção humana.

Kokopelli ganhou destaque entre 500 a.C. e 1325 d.C. Foi considerado uma figura religiosa predominante até o estabelecimento do culto de Katsina. Algumas tribos dos nativos americanos do sudoeste ainda adoram Kokopelli até hoje.

Segundo especialistas, entre as primeiras evidências visuais relacionadas ao culto e reconhecimento de Kokopelli estão as figuras da cerâmica Hohokam. Esses vasos foram criados especificamente para cozinhar, armazenar alimentos e realizar rituais. Essas peças de cerâmica foram rastreadas até os antigos moradores do atual Arizona, e são conhecidas por terem sido feitas há mil anos atrás.

Por esse período, figuras masculinas semelhantes, que também empunham flautas e mostram falos, começaram a aparecer, comumente como petroglifos que são geralmente encontrados na arte rupestre que eram comuns nas culturas de Puebloan.

Pensa-se que as representações de Kokopelli tenham se originado de americanos pré-históricos. Mais tarde, as lendas e mitos se desenvolveram, evoluindo em diferentes grupos nativos americanos. Dennis Slifer, um antropólogo, certa vez apontou que Kokopelli pode não ter se originado de apenas uma história. Em vez disso, ele pode ter sido o resultado das complexas combinações de diferentes histórias, mitos, personalidades, traços e deidades que eventualmente evoluíram para um personagem por mil anos ou mais.

Aparência

A aparência de Kokopelli varia tanto quanto as lendas e mitos que o cercam. Ele é normalmente descrito como um tocador de flauta com uma corcunda proeminente. Como um deus da fertilidade, ele também às vezes mostra ter um falo enorme e ereto. Em algumas figuras, ele tem saliências na cabeça, que são pensadas para representar antenas. Há também imagens que mostram que ele tem joelhos e pés torcidos.

Se analisadas cientificamente, as deformidades físicas, incluindo a ereção permanente e a corcunda, podem estar relacionadas a um tipo de tuberculose chamada doença de Pott.

A Corcunda de Kokopelli e os Muitos Mitos Que a Cercam

Acredita-se que a corcunda de Kokopelli possa ter sido um saco pendurado nas costas dele. Também existem histórias diferentes sobre o conteúdo do saco.

Em alguns contos, acredita-se que o saco contenha mercadorias, representando comércio. Isto é baseado na crença de que Kokopelli representou os Pochtecas, os primeiros comerciantes astecas mesoamericanos. Esses comerciantes viajavam pelas cidades maias e astecas com sacos pendurados nos ombros. Eles também carregavam flautas.

Enquanto isso, algumas lendas afirmam que o saco de Kokopelli continha presentes. Os mitos de Hopi, por outro lado, descreviam o saco para conter bebês que ele dava a mulheres jovens.

De acordo com lendas da vila de Pueblo, San Ildefonso, o saco de Kokopelli continha suas músicas, que ele trocava por novas músicas enquanto viajava.

Outra lenda da nação navajo dizia que o saco, feito de nuvens, continha sementes e arco-íris. Isso está relacionado à relevância de Kokopelli na agricultura e colheita.

A Flauta de Kokopelli - Um Símbolo da Transição do Inverno Para a Primavera

A flauta de Kokopelli simbolizava seu poder de atrair mulheres como o deus viril da fertilidade. Em muitas tribos nativas americanas, instrumentos como a flauta eram amplamente utilizados para desenvolver canções, serenatas e sinais que conjuravam encantamentos de amor.

A flauta de Kokopelli significa grande importância entre os nativos americanos. Acreditava-se que quando ele tocava flauta, a neve derretia, deixando a grama crescer e convidando os pássaros a cantar. Por causa dessa lenda, Kokopelli estava fortemente conectado ao final do inverno e à chegada da primavera.

Kokopelli - Um Popular Deus Nativo Americano Que Fez as Pessoas Felizes

Com todos os mitos e lendas em torno do significado de Kokopelli, há uma coisa que podemos deduzir de todos eles: que essa divindade é aquela que fez as pessoas felizes. Seja devido à sua música, sua capacidade de derreter a neve e abrir caminho para a primavera, espalhar sementes para uma boa colheita ou presentear mulheres com crianças, Kokopelli significa felicidade e esperança.

Até hoje, existem tribos nativas americanas que adoram Kokopelli como o deus da colheita. É verdade que sua popularidade e influência não diminuíram. Também agradecemos à cultura pop americana por ajudar a aumentar a conscientização e o interesse sobre Kokopelli e os ancestrais e a cultura dos nativos americanos como um todo.

Você gostou de ler nosso post sobre Kokopelli, o deus da fertilidade? Você pode conferir nossa grande seção de mitologia no menu superior. Obrigado pela leitura no Mitos e Lendas!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários deste blog são todos moderados, ou seja, eles são lidos por nós antes de serem publicados.

Não serão aprovados comentários:

1. Não relacionados ao tema do artigo;
2. Com pedidos de parceria;
3. Com propagandas (spam);
4. Com link para divulgar seu blog;
5. Com palavrões ou ofensas a quem quer que seja.

ATENÇÃO: Comentários com links serão excluídos!