Orfeu – O Lendário Músico e Poeta

A maioria das pessoas pode conhecer Orfeu de uma das histórias de amor mais trágicas já escritas. Ele teve o azar de perder a única pessoa que amava e, quando teve a chance de recuperá-la da morte, não foi capaz de seguir uma direção simples e a perdeu para sempre.

No entanto, Orfeu era mais do que apenas um homem de coração partido que vagava pela terra, cantando canções tristes. Aqui está um olhar mais atento ao homem por trás do mito.

Orfeu – O Lendário Músico e Poeta

Quem Foi Orfeu?

Abençoado com um talento musical excepcional, Orfeu nasceu do deus Apolo, o deus grego da poesia e da música, e da musa Calíope, a patrona da poesia épica. No entanto, outras versões da história dizem que seu pai é um rei da Trácia, Oeagrus.

Como alguns relatos dizem, Apolo era o melhor músico de todos os deuses, mas seu filho iria superar suas habilidades. Ele deu a Orfeu uma lira que Orfeu aperfeiçoou. Quando ele cantava e tocava, os animais e até objetos inanimados, como pedras e árvores, se moviam em dança. A maioria das representações de Orfeu o mostra tocando sua lira, cercado por animais encantados.

Também é dito que Orfeu se juntou aos Argonautas, um grupo de heróis que se uniram nos anos anteriores à Guerra de Tróia, enquanto procuravam o Velocino de Ouro. Orfeu divertiu os Argonautas e até ajudou a resolver algumas brigas com suas histórias e músicas. Ele ajudou a acalmar os mares e também salvou os Argonautas das sereias e da morte certa, tocando sua própria música poderosa.

O que essas histórias têm em comum é a crença dos antigos gregos no poder da música. Isto é representado através da apresentação de Orfeu.

Orfeu e Eurídice

De todas as histórias ligadas a Orfeu, a mais popular é a de seu relacionamento condenado com Eurídice. Eurídice era uma bela ninfa da floresta, que foi atraída para a música quando o ouviu tocar. Quando eles se olharam, Orfeu e Eurídice se apaixonaram.

Orfeu casou-se com Eurídice, mas sua felicidade durou pouco. Eurídice estava passeando pela floresta quando o semideus Aristeu tentou estuprá-la. Ela conseguiu fugir dele, mas caiu em um ninho de víboras onde foi mordida fatalmente e morreu. Em outras versões, Eurídice morre na noite de núpcias.

Orfeu foi dominado pela dor com a morte de sua esposa e perturbado, ele seguiu sua esposa para o submundo, na esperança de encontrá-la lá. Ele encantou o barqueiro Caronte com sua música e até mesmo o temível cão de várias cabeças, Cérbero, que guardava os portões do submundo, foi impotente domado por sua música.

Hades, deus do submundo, ficou tão comovido com sua música e sua angústia que permitiu que ele levasse Eurídice de volta à terra dos vivos, com uma condição. Ao deixar a terra dos mortos, nem Orfeu nem Eurídice podiam olhar para trás até chegarem à superfície. Infelizmente, Orfeu não conseguiu fazer o que foi instruído. Como ele estava prestes a chegar à superfície, ele estava ansioso para saber se Eurídice estava atrás dele, e não resistiu em voltar para ver se ela estava lá. Ela estava lá, mas ainda não havia chegado à superfície. Eurídice desapareceu no submundo, e Orfeu a perdeu pela segunda vez e desta vez, para sempre.

Separado da pessoa que mais amava pela segunda vez por causa de seu próprio fazer, Orfeu vagou sem rumo, lamentando o amor que perdeu. Ele não encontrou paz e evitou completamente a companhia de mulheres.

Como alguns relatos dizem, no final de sua vida, Orfeu rejeitou todos os deuses, exceto Apolo. Isso irritou as mulheres Cícones, seguidoras de Dionísio, O Deus do Vinho e da Folia, que o mataram brutalmente. Orfeu foi pranteado por toda parte, sua lira foi colocada entre as estrelas pelas Musas e sua alma finalmente conseguiu se reunir com Eurídice, esperando por ele no submundo.

Lições da História de Orfeu

A moral da história de Orfeu e Eurídice é a importância da paciência, confiança e fé. Se Orfeu confiasse que sua esposa estava atrás dele, ele não teria olhado para trás. Sua hesitação foi o que o levou a perder Eurídice. Sua impaciência e pensamento de que ele havia completado com sucesso a missão e mantido sua palavra, quando na verdade não o fez, foi o que causou sua ruína.

A história de amor de Orfeu e Eurídice é uma representação do amor eterno e duradouro, e da dor que vem com a perda desse amor.

A história também pode ser tomada como um símbolo das consequências de olhar para trás e viver no passado. Ao voltar atrás, Orfeu estava olhando para o passado, em vez de olhar para o futuro. Quando ele perde Eurídice pela segunda vez, ele passa o resto de sua vida vivendo no passado, lamentando sua amada.

Orfeu na Cultura Moderna

Orfeu é um personagem que fez aparições consistentes em inúmeras obras modernas, como as óperas L'Orfeo, de Claudio Monteverdi, Orfeu e Eurídice de Willibald Gluck, Orfeu no submundo de Jacques Offenbach e o filme Orfeu de Jean Cocteau. O famoso escultor Auguste Rodin também tem sua própria opinião sobre os amantes, mostrando Orfeu lutando contra o grande desejo de olhar para trás.

O tema de um amor desamparado é um tema perenemente explorado em todas as formas de arte, e Orfeu e Eurídice estão entre os exemplos mais populares de amantes que se conheceram, mas não estavam destinados a ficarem juntos na vida.

Fatos Sobre Orfeu

1. Quem eram os pais de Orfeu?

O pai de Orfeu era Apolo ou Oeagrus, enquanto sua mãe era Calíope.

2. Orfeu tinha irmãos?

Sim, eles eram As Graças e Linus da Trácia.

3. Quem era a esposa de Orfeu?

Orfeu casou-se com a ninfa Eurídice.

4. Orfeu teve filhos?

Acredita-se que Museu é a descendência de Orfeu.

5. Por que Orfeu é famoso?

Ele foi uma das poucas pessoas vivas, junto com Perséfone, Hércules e Odisseu, a entrar no Mundo Inferior e voltar para a terra dos vivos.

6. Orfeu é um deus?

Não, Orfeu não era um deus. Foi músico, poeta e profeta.

7. Quem ensinou Orfeu a tocar lira?

Apolo ensinou Orfeu, que então aperfeiçoou a lira.

8. Por que Orfeu olhou para trás?

Ele olhou para trás porque estava ansioso, impaciente e com medo de que Eurídice não estivesse atrás dele.

9. Como Orfeu morreu?

Alguns relatos afirmam que ele foi despedaçado pelos seguidores de Dionísio, porém outros afirmam que ele cometeu suicídio por tristeza.

10. Qual é o símbolo de Orfeu?

A lira.

11. O que simboliza Orfeu?

Ele simboliza o poder do amor incondicional e o poder da arte de superar a tristeza, a dor e a morte.

Resumindo

Outrora um músico feliz cantando canções para animais e homens, Orfeu foi reduzido a um errante triste. Ele é um exemplo do que pode acontecer a alguém que perde a quem mais ama. No caso de Orfeu, ele também foi consumido pela culpa porque, se não tivesse olhado para trás, Eurídice teria outra chance de estar com ele na terra dos vivos.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem